sexta-feira, 13 de março de 2009

TEM VERGONHA DE DIZER QUE É DE PORTIMÃO!






Ao contrário do Dr. Manuel da Luz, o Marafado

“tem vergonha de dizer que é de Portimão”

Senão vejam-se as fotos e cada um tire as suas conclusões.

Para quem tenha alguma dúvida, informo que são barracas de ciganos, construídas no centro da cidade, paredes meias com a Escola Manuel Teixeira Gomes, a uma dúzia de metros do Mercado Municipal, junto ao cemitério, perto dos Bombeiros.

Este amontoado de famílias não tem o mínimo de higiene. Existem grandes lamaçais com águas podres, uma cocheira, que não só dá mau aspecto como também provoca um cheiro nauseabundo, e grande quantidade de sucata e lixo. E é por todo este estado de coisas que tenho vergonha de dizer que vivo em Portimão.

Dr. Manuel da Luz, podia fazer mais pela cidade, não deixando proliferar barracas que albergam perto de uma centena de pessoa (inicialmente eram meia dúzia de famílias).

Podia arranjar outro local para estas pessoas.

Podia ter uma fiscalização mais apertada, em relação a famílias vindas de outros locais e que se instalam em Portimão.

Podia mandar limpar todo o espaço, retirando lixo e sucata, e obrigar os moradores a mantê-lo com um mínimo de higiene.

“Ninguém terá vergonha de dizer que é de Portimão “ se num futuro próximo o Sr. Presidente acabar com barracas no centro da cidade e as pessoas tiverem um melhor modo de vida.

O Marafado, por entender que não estão reunidas as condições mínimas de higiene, saúde e segurança para quem vive naquela zona, pede parecer ás seguintes entidades :


Delegada de Saúde : Dra. Suzel Ladeira saúdepública@csportimão.min-saúde.pt

ASAE : Dr. Filipe Meirinho sr.meirinho@asae.pt

Ministra da Saúde : Dra. Ana Jorge gms@ms.gov.pt

Enviado com conhecimento à Câmara Municipal de Portimão, via página do municipe.

Ass. O Marafado

19 comentários:

cidadão portimao disse...

Infelizmente quem paga por tudo isto somos todos nós .... deixei de ir ao mercado, ora vejam : saio da quinta da malata a pé e sou obrigado a passar pela nojice que é aquele mercado de tráfico de roupas e não só ... (já alguém lá foi ver as marcas adulteradas que vendem?). Só isto me desmotiva e afasta.

Devia ser feito algo .... e com urgência.

J. Calferia disse...

Nunca houve coragem para aplicar a lei a quem se está nas tintas para ela, isto em relação àquela etnia.
Porquê? A vergonha aqui denunciada é uma ferida profunda na cidade e dá um aspecto que nem no mais atrasado país se poderá encontrar.
Muito bem denunciado!

cidadão portimao disse...

é uma situação que realmente nunca percebi

eu pessoalmente, e vivo em Portimão á largos anos, nunca tive nenhum problema com um cigano, mas não se percebe as beneces que têm

Anónimo disse...

eu tambem tenho vergonha de dizer que sou de Portimao ...... imegem o que é levar alguem a ver a obra do MErcado e dar de cara com esta vergonha

a minha mulher já tem medo de ir a pé e sozinha ao Mercado, e posso dizer que não é a unica

Somos Olhão! disse...

Somos Olhão! apresentou queixa à Comissão Europeia, no passado dia 12, por inobservância da aplicação de legislação em matéria de ambiente à Ria Formosa e vai lançar uma Petição ao Parlamento Europeu com subscrição pública e aberta aos cidadãos europeus.
Para:
-ler a Queixa, veja aqui
- colaborar na Petição, contacte por este email: somosolhao@gmail.com

Anónimo disse...

eu sempre gostava de ver a câmara com coragem para fazer algo aos ciganos !!!!!!! seria inédito nesta cidade.

Anónimo disse...

eu também tenho medo de passar naquele sitio, não pelos ciganos mas sim pelos cães que por lá andam á solta

morador perto acampamento disse...

Antes ainda havia a recolha dos cães vadios ou violentos, mas agora nem isso ........ pelos menos a policia deveria chamar a atenção dos donos dos animais que toda a gente sabe que são os ciganos

Rui Amores disse...

Já não é a primeira vez que sei de pessoas que são atacadas pelos cães dos ciganos.Pergunta : o que já foi feito ? nada

Anónimo disse...

NOS NA LUTA DIARIA PARA PAGAR A NOSSA CASINHA NOS ARREDORES E ESSA GENTE VAI OCUPAR O CENTRO DA CIDADE!SEGUNDO O QUE SEI-RECUSAM-SE A SAIR!!
É UMA VERGONHA..
QUAIS SERAO OS DIREITOS DESSA GENTE QUE NAO PERMITA A C.M.PORTIMAO OU A PSP INVADIR AQUELA ESPELUNCA E LIMPAR AQUELA NOJICE?JA SERAO DONOS DAKELE PEDAÇO DE TERRA?AINDA DEVE VALER 1 BELO DINHEIRINHO-DAVA 1 BELO JARDIM /ESPAÇO VERDE QUE BEM PRECISAMOS!!!

Anónimo disse...

E digo-vos que cada vez está pior, agora já dá a volta quase até ao hotel de um dos lados e até á igreja do outro lado. Está uma vergonha, é só material contrafeito e ninguém faz nada.

Zé das Couves disse...

passei por lá e nada mudou, valerá a pena estas fotos ? fica á vossa consideração para pensarem

Anónimo disse...

Será que a Sra Delegada de Saude já lá foi ver ?

Anónimo disse...

Agora percebo porque é que Portimão passou a estar no top das cidades com melhores condições de vida, vejamos qual é a cidade que admite um acampamento selvagem em praticamente centro da cidade, numa das entradas principais da cidade, onde num lado tem uma escola e noutro um mercado premiado!
Qual cidade é que até põe cubos de limitação nos passeios a volta do acampamento para o mesmo não ser invadido por estranhos....cubos esses que apenas servem para os idosos e distraidos cairem.....que cidade deixa crescer um acampamento 200% em tão pouco tempo.....que Cidade continua a deixar a olhos nus a violação das bocas de incendio para abastecer acampamentos....a resposta é simples Portimão! E ai está o incentivo a ter orgulho de dizer que é de Portimão, gostava de saber se uma familia dessas que estam desesperadas e perderam a casa por não conseguir pagar as prestações montar um barranco em Portimão se a CMP não corre logo com eles!? há falta dizer que não pode ser cigano

Anónimo disse...

Essa gente nojenta ocupa uma área cada vez maior no centro da cidade com toda a tolerância da câmara e não só (gostava que a asae fiscalizasse aquele mercado cigano que pol lá fazem), Portimão parece uma cidade de um país do terceiro mundo! Já agora uma sugestão ás autoridades competentes, se é que o são: Vão á Praia da Rocha (de dia também...) ver aquilo que esses mesmos ciganos estão a fazer pela nossa imagem. São ás dezenas, em grupos organizados, a abordarem de forma ameaçadora turistas estrangeiros tentando vender seja o que for. Desde filmes piratiados, droga para fumar ou inalar, volumes de tabaco (muito em voga, fazem milhares de euros de lucro pois enganam os estrangeiros, que lhes compram os volumes de tabaco mas eles estão vazios...), óculos contrafeitos, fios de "ouro".. Estas tarefas são efectuads pelos homens, enfim é só ver. Mais as mulheres que estendem toalhas na avenida e ali criam uma loja ambulante para vender blusas contrafeitas, muitas têm o descaramento de montar esse estendal em frente de lojas que vendem exactamente os mesmos artigos, só que não contrafeitos, para lhes roubar os clientes. Quantos donos de lojas já não foram ameaçados pelos ciganos que eram esfaqueados se fizessem alguma coisa ou chamassem a polícia. Enquanto isso, os filhos, as crianças, andam de porta em porta pela avenida a pedir esmola, vindo depois entregar o dinheiro aos pais. A Câmara "deu-lhes" uma série de lojas na zona do Miradouro, para eles sairem da rua e venderem dentro da lei, mas a realidade está lá para ver. Aproveitaram essa "colaboração" da Câmara mas continua tudo igual ao que estava antes. No Verão passado assisti a um gigano lucrar € 2000 numa venda de tabaco feita a um casal de idosos estrangeiros que provavelmente iraiam levar o tabaco para familiares e amigos. A entrega foi feita num saco de lixo preto. So os primeiros 3 volumes tinham tabaco, os outros estavam todos vazios. € 2000 (!) "feitos" ali em 5 minutos. Não declaráveis nos impostos.. Quanto é que a maioria de nós tem de trabalhar para juntar € 2000, "limpos"? Pois.. Depois não se admirem de os ver a viver em barracas mas a conduzir bmw's carrinhas da mercedes. Já agora, em frente á escola primária do Bairro do Pontal está também montado um belo cenário urbanístico do género divulgado nesta notícia.

Miguel Torralvo disse...

Boas tardes.Começo por dizer que este problema ja se arrasta ha anos e que realmente a CMP nao faz nada em relaçao a isso.Outro dos assuntos que gostava de ver aqui seria o estado das nossas ruas e estradas da nossa cidade e arredores.Tenho a sensaçao que conduzir no IRAQUE nota-se menos os buracos que existem nas nossas estradas!

PH disse...

Muito bem.Quem são os culpados?
Julgam as minorias, mas na minha opinião os culpados são quem manda no governo, eles simplesmente precisam de um tecto para dormir, e o que fazem? Juntam pretos e ciganos de maneira a tira-los da sociedade,discriminando-os de maneira a que se sintam fora do mesmo sol, em que todos temos direito.

Anónimo disse...

dheb rifemse, so falao MAL DOS DESGRASADOS DOS CIGANOS ELES N TENHEM ONDE CAIR MORTOS MAS POR ACASO JALHES OFERCERAO CONDISOESEU SOU DE PORTIMAO ANOS KE VEIJO AKILO NAKELE ESTADO TBM NINGUEM VAI OFERCER CONDISOES O TBM PENSAO KE ELES GOSTAO DE VIVER NA KELA MERDA NAO FALEM A TOUAAAAAAA

Anónimo disse...

Se falasses português correto eras melhor visto, o que me deixa a pensar é que és mais um dos que vive nas "vivendas" de Portimão, visto que sem pagar renda têm uma vida tão boa ou melhor que muitos Portimonenses.
Depois vão a escola até receber o dinheirinho em casa, mal recebem desaparecem da escola, por um lado menos mal que não atormentam os miúdos.